Contos Essenciais: Chuva: a abensonhada (Mia Couto)

Padrão

“Estou sentado junto da janela olhando a chuva que cai há três dias. Que saudade me fazia o molhado tintinar do chuvisco. A terra perfumegante semelha a mulher em véspera de carícia. Há quantos anos não chovia assim? De tanto durar, a seca foi emudecendo a nossa miséria. O céu olhava o sucessivo falecimento da terra, e sem espelho, se via morrer. A gente se indaguava: será que ainda podemos recomeçar, será que ainda a alegria tem cabimento?”

Há algum tempo resenhei Estórias abensonhadas, de Mia Couto, e devo confessar que parei nesse conto por um bom tempo. Logo me chamou a atenção palavras como: e perfumegante e indaguava, pois elas dão um sentido sinestésico às frases e dá para imaginar o perfume fumegante da terra já na segunda linha do conto.

O conto é um dos diversos fragmentos da realidade moçambicana e com o término da guerra civil, a chuva é a maior benção que a terra pode receber. Para lavar as dores, mágoas e todo o sangue derramado. “- Nossa terra estava cheia do sangue. Hoje, está ser limpa, faz conta é essa roupa que lavei. Mas nem agora, desculpe o favor, nem agora o senhor dá vez a este seu fato?”.

O autor está presente na voz invisível do personagem que na conversa com sua tia Tristereza mostra a descrença no poder benéfico da chuva. “Mas dentro de mim persiste uma desconfiança: esta chuva, minha tia, não será prolongadamente demasiada? Não será que à calamidade do estio se seguirá a punição das cheias?” Porém, a tia tem outra explicação para a chuva que cai sem cessar, algo sobrenatural e mágico: no céu existem peixes e caranguejos, que caem durante as tempestades nos rios (nesse caso reconstruídos pela chuva) e que tanta água deixa até os falecidos satisfeitos, “para condizer com a festa de Moçambique.”

O conto fala de reconstrução e fé. Assim como eu falei na resenha de Estórias abensonhadas, é sinestésico e de uma beleza inimaginável. Para ler e se arrepiar até a última linha.

About these ads

Uma resposta »

  1. Eu amo a chuva :D

    O Antônio traz essa coisa de reconstrução para as suas obras neh
    Dá uma esperança que as coisas vão melhorar ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s